Estatuto da Revista Palavra de Ordem

Via Revista Palavra de Ordem

DA REVISTA:

1. Palavra de Ordem é a revista semestral digital e impressa do LavraPalavra, aberto “a colaboração de diversos matizes do pensamento militante nacional e internacional – incluindo movimentos sociais e organizações políticas populares – na produção de reflexões sobre as lutas políticas e sociais, cultura, filosofia, ciências” (Manifesto), contemplando um amplo rol de temas alinhados aos objetivos da revista.

2. A revista tem por objetivo constituir-se como espaço de vanguarda face à crise organizativa e ideológica do tempo presente, contribuindo com o exercício de reflexão e formação de um sujeito político revolucionário capaz de positivar-se no mundo. Isto considerado, a Palavra de Ordem privilegia produções textuais alinhadas ao manifesto que evidencia o foco e escopo de suas publicações.

3. A revista Palavra de Ordem aceita apenas textos inéditos e originais no Brasil, salvo casos excepcionais a serem avaliados pelos/as Editores/as e pelo Conselho Editorial. As publicações contemplarão os seguintes tipos de textos:
i. Artigos (dossiês temáticos);
ii. Resenhas;
iii. Traduções;

4. A revista Palavra de Ordem publica em periodicidade semestral dossiês temáticos organizados pelos/as Editores/as e pelo Conselho Editorial e, eventualmente, por editores convidados especialistas no tema.

5. A revista Palavra de Ordem publicará trabalhos em português, espanhol e inglês, podendo também publicar em francês, a critério dos/as Editores/as e do Conselho Editorial.

DA ESTRUTURA:

6. A estrutura da revista Palavra de Ordem é composta pelos/as Editores/as, Conselho Editorial e Conselho de Pareceristas.

7. O colegiado dos/as Editores/as é o órgão diretivo da Palavra de Ordem, responsável pelas decisões sobre a linha editorial, recebimento dos textos submetidos, encaminhamento aos pareceristas, publicação da edição e demais decisões acerca da organização, arrecadação financeira e divulgação.

8. O Conselho Editorial é um órgão consultivo, responsável por zelar pela qualidade científico-acadêmica da Revista. É esperado dos membros do Conselho Editorial que cumpram ao menos uma das seguintes atividades:
i. promover a divulgação da revista;
ii. propor sugestões de modificações sobre os trabalhos submetidos (se/quando solicitados);
iii. propor publicações de autoria própria ou de terceiros,
iv. auxiliar os/as Editores/as na tomada de decisões sobre as publicações das edições.

9. O Conselho de Pareceristas é composto pelo conjunto de avaliadores responsáveis pela leitura, análise e apresentação de parecer científico sobre a aptidão ou não aptidão das produções textuais submetidas. Os pareceristas se comprometem a:
i. Seguir as orientações definidas nas normas para publicação da revista;
ii. Cumprir os prazos estabelecidos para o prosseguimento do trâmite editorial;
iii. Emitir parecer com base nas três opções por este estatuto definido, quais sejam, “apto sem restrições”, “apto com restrições” ou “inapto”;
iv. Caso o parecer seja “apto com restrições”, auxiliar os autores na adequação e melhoria do manuscrito no prazo de 14 dias;
v. Caso o parecer seja “inapto”, justificar o parecer apontando eventuais melhorias e adequações do manuscrito;
vi. Garantir a confidencialidade dos artigos recebidos para avaliação, sendo vetada sua divulgação, exposição ou discussão com terceiros sem autorização dos autores;
vii. Realizar as avaliações de forma objetiva, clara e organizada, amparada em argumentos teóricos e metodológicos rigorosamente apresentados, sendo vetada qualquer tipo de atitude de natureza vexatória;
viii. Informar os/as Editores/as ao se deparar com qualquer semelhança substancial ou sobreposição entre o texto analisado e qualquer outro trabalho publicado de que tenha conhecimento pessoal.

DAS NORMAS DE SUBMISSÃO:

10. Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir:
i. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista. Caso contrário, justificar no corpo do email da submissão;
ii. O texto está de acordo com a política anti-plágio da revista. A responsabilidade pela integridade do texto é de responsabilidade exclusiva dos autores;
iii. Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word;
iv. O texto deve obedecer às regras descritas nestas normas de submissão;
v. Caso seja necessário fazer alterações/correções sugeridas pelos avaliadores, ou correções gramaticais sugeridas pela edição, o prazo a ser observado pelo(a) autor(a) será de 14 dias;
vi. O(A) autor(a) está ciente e concorda com a concessão de direitos autorais para publicação na revista. Considerar as condições de reprodução na seção “Das Políticas” deste estatuto.

11. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

12. A Revista Palavra de Ordem não cobra aos autores qualquer tipo de taxa de submissão, processamento e publicação da versão impressa.

13. A submissão deve ser realizada em campo específico indicado no site. Haverá campo para indicação do tipo de produção (artigo, tradução ou resenha). No formulário de submissão é necessário indicar autoria, filiação institucional, qualificação acadêmica, telefone(s) para contato e endereço eletrônico (email), para fins de eventual publicação.

14. Os artigos devem ter entre 15 (quinze) e 30 (trinta) laudas. Exceções poderão ser consideradas por deliberação dos/as Editores/as.

15. Os textos devem ser digitados na fonte Times New Roman, tamanho 12, obedecendo a espaçamento entre linhas de 1,5, margens esquerda e superior com 3cm e margens direita e inferior com 2cm. Primeira linha de cada parágrafo com espaço de 1,5 cm em relação à margem esquerda.

16. Resumo em português ou no idioma de origem e em inglês, ressaltando objetivo, método e conclusão do trabalho (no máximo 500 caracteres sem espaço). Indicação de três a cinco palavras-chave em português ou no idioma de origem, e em inglês.

17. O título do texto deve estar em caixa alta (maiúsculo) e negrito, sem itálico (utilizar este apenas para palavras estrangeiras), fonte 12. Títulos de capítulos e subtítulos no corpo do texto, respectivamente, em negrito e itálico, caixa baixa (minúsculo) fonte 12.

18. As citações bibliográficas devem respeitar o sistema “notas de referência”. As citações diretas, no texto, com mais de três linhas, devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, com letra menor que a do texto utilizado e sem as aspas. As regras de citação devem respeitar a norma da ABNT NBR 10520.
i. A numeração das notas de referência é feita por algarismos arábicos, devendo ter numeração única e consecutiva para cada capítulo ou parte. Não se inicia a numeração a cada página.
ii. A primeira citação de uma obra, em nota de rodapé, deve ter sua referência completa. (Exemplo: BADIOU, Alain. Manifesto pela filosofia. São Paulo: LavraPalavra, 2022).
iii. As subsequentes citações da mesma obra podem ser referenciadas de forma abreviada, utilizando as seguintes expressões, abreviadas quando for o caso:
a) Idem – mesmo autor-Id.
b) Ibidem – na mesma obra – Ibid.
c) Opus citatum, opere citato – obra citada – op. cit.
d) Passim – aqui e ali, em diversas passagens – passim.
e) Loco citado – no lugar citado – loc. cit.
f) Confira, confronte – cf.
g) Sequentia – seguinte ou que se segue – et seq.

19. As notas de rodapé devem ser sucintas, de caráter explicativo.

20. A referência bibliográfica ao final do texto deve seguir as normas da ABNT NBR 6023.

21. As traduções devem estar acompanhadas de autorização do(a) autor(a) do texto, seguindo idêntica normatização dos artigos e dispensam resumo e palavras-chave (caso não o possuam no original).

22. As resenhas deverão ter um mínimo de 4 (quatro) e um máximo de 8 (oito) laudas, com especificação no início do texto do livro resenhado, conforme as normas da ABNT NBR 6023. (Ex.: LUXEMBURGO, Rosa. A outra Rosa. São Paulo: LavraPalavra, 2020).

23. Serão aceitos trabalhos com, no máximo, 3 coautores (para o caso de grupos de pesquisa, o nome dos participantes deve constar em nota de rodapé).

DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO PELOS PARES:

24. Os artigos (dossiês temáticos) encaminhados à revista Palavra de Ordem passam por uma seleção prévia feita pelos/as Editores/as, a fim de verificar sua adequação às normas editoriais e ao escopo da revista.

25. Em seguida, passam por processo de avaliação aberta por pares, realizada por dois pareceristas entre 30 e 60 dias após sua submissão.

26. Os pareceristas podem considerar:
i. o artigo apto, sem restrições;
ii. o artigo apto, com correções obrigatórias que serão encaminhadas para o(a) autor(a) e retornadas para verificação;
iii. o artigo inapto, com a recusa da publicação. Para tornar-se apto à publicação, o artigo não pode ter recebido nenhum parecer de recusa da publicação.

27. Caso um dos pareceristas requeira correções obrigatórias, o artigo será encaminhado a um terceiro revisor. Esta situação não exclui a possibilidade do artigo ser publicado ainda que um dos pareceristas requeira correções obrigatórias, por decisão dos/as Editores/as e Conselho Editorial.

DAS POLÍTICAS:

28. Esta Revista adota todas as diretrizes internacionais do Comitê de Ética em Publicações (COPE), além das diretrizes básicas para a integridade na atividade científica do CNPq. A Revista rejeita todas as formas de plágio e só publica artigos com a garantia, por parte dos autores, da originalidade dos seus trabalhos.

29. Nenhuma taxa é cobrada para submissão, processamento ou publicação de artigos. As funções do Conselho Editorial e Conselho de Pareceristas não serão remunerados. Todos os valores obtidos com a venda das edições serão utilizados para a manutenção da revista.

30. O conteúdo dos textos é de exclusiva responsabilidade de seus autores. Reservando à revista o direito de eventualmente efetuar alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical.

31. Ao submeter o texto, os autores concedem os direitos autorais para publicação na Revista Palavra de Ordem. É permitida a reprodução total ou parcial dos artigos da Revista Palavra de Ordem, nas seguintes condições:
i. para reprodução impressa de qualquer natureza, é necessária a autorização prévia dos/as Editores/as, desde que a fonte seja referenciada;
ii. para reprodução digital sem fins comerciais, não é necessária a autorização prévia dos/as Editores/as, desde que a fonte seja referenciada.

32. Os dados pessoais informados nesta revista serão usados exclusivamente para os fins desta publicação, não estando disponíveis para outros propósitos ou pessoas.

33. As dúvidas deverão ser encaminhadas para o e-mail <revistapalavradeordem@gmail.com>.

Veja mais:

Manifesto da Revista Palavra de Ordem

Chamada para contribuições para a 1ª edição.

CHAMADA PARA PARECERISTAS
 
A Revista Palavra de Ordem convida pesquisadores(as) para integrar o Conselho de Pareceristas do periódico.
 
As inscrições devem ser realizadas por meio do formulário: Clique aqui.
 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pocket

Deixe um comentário