Categoria: Conjuntura

O Partido Democrata: Opressor do Povo

Por Bob Avakian, via The Black Panther, traduzido por Lara Apolonio Rossetto “O partido democrata é um inimigo do povo tanto quanto o partido republicano e o partido porco do Wallace. Na verdade, um dos grandes financiadores de Humphrey, um homem chamado Jimmy Ling, chefe de uma gigante corporação financeira chamada Ling-Temco-Vaught (um conglomerado multimilionário,

Leia mais »

Nova hora dos ruminantes

Por Luciano Alberto de Castro, cronista e professor da Universidade Federal de Goiás A Praça Cívica é um belo espaço público de Goiânia. Um marco da cidade, traçada sob os preceitos do Art Déco. Por isso, a capital de Goiás tem ares de South Beach. Art Déco é arte decorativa, preza as linhas geométricas e

Leia mais »

A ascensão e a queda do Islã político

Por Mansoor Hekmat, via WPI, traduzido por Gercyane Mylena Pereira de Oliveira Hekmat foi um teórico marxista iraniano, revolucionário e um dos lideres do Partido Trabalhista-Comunista do Irã. Foi opositor do governo de Reza Pahlav após a revolução de 1979. A entrevista abaixo, conduzida por Olivier Roy, Graham Fuller, Ervand Abrahamian e Ian Lesser foi publicada

Leia mais »

Ruína ou Revolução

Por Kai Heron e Jodi Dean, via E-Flux, traduzido por Marcelo Bamonte Nós sabemos como o primeiro parágrafo começa. Temos lido sobre a mudança do clima por mais de vinte anos, raramente no início e depois diariamente, até que não pudéssemos mais negar. O mundo está queimando. Os oceanos estão esquentando e se acidificando. As

Leia mais »

J. William Fulbright, o apagamento da memória e a fuga de cérebros

Por Fernando Alcântara Provocado por uma nota de rodapé do ótimo livro “Há uma revolução em andamento – discursos de Malcolm X”, lançado em 2020 pela Lavra Palavra Editorial na página 50, nota 12, que faz uma breve biografia do ex-senador estadunidense James William Fulbright “foi um senador estadunidense pelo estado do Arkansas, parte da

Leia mais »

Neopentecostalismo como Gramática Neoliberal de Sofrimento

Por Christian Ingo Lenz Dunker, Rodrigo Gonsalves e Ivan Estevão, via CT&T: Continental Thought and Theory Introdução O presente artigo pretende fazer uma leitura do neopentecostalismo brasileiro, emergente nas décadas de 2000-2019, considerando processos atinentes à psicologia das massas, identificações e fantasias ideológicas descritos a partir da psicanálise. Tais processos engendram o que chamamos de

Leia mais »