Etiqueta: Louis Althusser

A máscara humana

Por Asad Haider, via Radical Philosophy, traduzido por Reginaldo Gomes e Matheus Muniz Weiss. Troca: o teatro de categorias econômicas de Marx Todas as personagens do mal-entendido entram em cena no caso, cada qual desempenhando o papel prescrito pelo efeito que se espera desse teatro. Louis Althusser, Ler O Capital Você também, meu caro amigo,

Leia mais »

O paradoxo do Iluminismo

Por Asad Haider, via Viewpoint Magazine, traduzido por Matheus Muniz Weiss e Reginaldo Gomes[1] Um curioso sintoma da resistência à teoria na esquerda anglo-americana é a fixação para com o Iluminismo. O impressionante paradoxo dessa fixação é a apropriação anti-intelectual de uma tendência da filosofia europeia, que é atribuída com a introdução dos padrões, agora

Leia mais »

Formas sociais e Materialismo aleatório

Por Pedro Henrique Juliano Nardelli. As formas sociais são abstrações relacionais estabelecidas factualmente em processos históricos e materiais. No modo de produção capitalista, existem formas sociais universais que guiam e restringem a sociabilidade. Existem determinações sociais, mas não determinismo social. Não é possível prever deterministicamente o futuro pois todas as relações e práticas sociais –

Leia mais »

Entrevista com Louis Althusser: “Ditadura do proletariado e stalinismo não são, de modo algum, sinônimos”

Por Louis Althusser, via El País, traduzido por Thales Fonseca. O filósofo francês Louis Althusser fala ao EL PAÍS, em entrevista conduzida por Alfons Quinta. Este artigo apareceu na edição impressa de sábado, 10 de julho de 1976. Nós começamos por solicitar do filósofo que nos expusesse sua opinião sobre a situação atual do que se

Leia mais »

Sobre o conhecimento da arte (resposta a André Daspre)

Por Louis Althusser, via Universidad Nacional de Colombia, traduzido por Reginaldo Gomes Esta “Carta sobre o conhecimento da arte (resposta a André Daspre)” foi publicada no n.º 175 da Nouvelle Critique (abril de 1966) em um conjunto intitulado “Duas cartas sobre o conhecimento da arte”. Ela deve ser situada no contexto do debate sobre o

Leia mais »

Cremonini, pintor do abstrato

Por Louis Althusser, via Trondheim Academy of Fine Art, traduzido por Reginaldo Gomes  Redigido na ocasião de uma exposição de Leonardo Cremonini na Bienal de Veneza (junho-setembro de 1964) “Cremonini, pintor do abstrato”, datado por Althusser de agosto de 1966, foi publicado em novembro de 1966 na revista Démocratie nouvelle, no quadro de uma “Pesquisa

Leia mais »