Etiqueta: Social-democracia

Gramsci, herdeiro de Lenin: o problema da relação entre teoria e paixão

Por Eduardo Granja Coutinho* E o incêndio revolucionário se propaga, incendeia novos corações e cérebros, transformando-os em tochas ardentes de nova luz, de novas chamas. [antonio gramsci]  Sabe-se que a Revolução Russa marcou profundamente a prática e a teoria  revolucionária nos anos que se seguiram à Primeira Guerra Mundial. Ao  mesmo tempo em que galvanizou a paixão insurgente das

Leia mais »

Possibilismo e oportunismo, por Rosa Luxemburgo

Por Rosa Luxemburgo, via LavraPalavra, traduzido por Gabriel Landi Fazzio. Publicado no nº 227 da Sächsische Arbeiterzeitung (“Gazeta operária da Saxônia”), em 30 de setembro de 1898. Parte do livro A outra Rosa. Como se sabe, o camarada Heine escreveu uma brochura para o congresso do partido intitulada Votar ou não votar?, [1] na qual

Leia mais »

Sobre a agitação – um clássico da social-democracia russa

Por Arkadi Kremer e Julius Martov, via People’s War, traduzido por Camila Araujo Escrito em 1893 e traduzido do russo para o inglês por Richard Taylor. I Nosso artigo pretende esclarecer várias questões relacionadas à prática dos sociais democratas russos: a resolução correta para essas questões é, na nossa opinião, uma pré-condição necessária se a

Leia mais »

A Luta pela Frente Única na Alemanha, 1920-23

Por August Thalheimer, no ano de 1932, publicado em Revolutionary History (História Revolucionária), vol. 5 No. 2, primavera de 1994, pp. 74–91., via marxists.org, traduzido por Catarina Duleba O artigo abaixo foi extraído de “Wie schafft die Arbeiterklasse die Einheitsfront gegen den Faschismus?” (Como a classe trabalhadora cria a Frente Única contra o Fascismo?) de

Leia mais »

O ultraliberalismo enquanto categoria conceitual

Por João Elter Borges Miranda “O ultraliberalismo enquanto categoria traz elementos mais precisos para conceituar a série de correntes que se formam ao longo do século XX. Tais correntes são, tradicionalmente, denominadas de neoliberais.”

Leia mais »

O neoliberalismo não se extingue por decreto – Notas sobre o caso do México

Por Manuel Vega Z., via Revista Rosa, traduzido por Daniel Fabre “Vivemos em um estado neoliberal, com um direito neoliberal e isso não mudou. O neoliberalismo não se foi e ainda está para ser destruído. Se não conseguirmos diferenciar entre a forma política capitalista como a relação social hegemônica que impulsiona a reprodução social do

Leia mais »

A institucionalização pós-revolucionária e a Constituição mexicana de 1917

Por Mariana Varandas Lazzari, publicado originalmente em Revista de História da UEG A partir da discussão em torno do conceito de tirania, busca-se trazer à tona a questão da legalidade como ferramenta para expor as contradições do novo Estado mexicano e a correlação de forças que se deixa entrever nessa formação. Em um segundo momento, recorre-se

Leia mais »

O papel da social-democracia na história do capitalismo

Por Jones Manoel da Silva O seguinte escrito é parte da dissertação de mestrado do autor, defendida no programa de pós-graduação em Serviço Social da UFPE, intitulada “Em busca da Revolução Brasileira: crítica à estratégia socialista na obra de Carlos Nelson Coutinho”. 

Leia mais »