Etiqueta: Filosofia

Lukács e o desenvolvimento desigual

Por Rômulo Caires Diferente de outros marxistas, a categoria desenvolvimento desigual, que já aparece de forma assistemática nos escritos de Marx, tem para Lukács não apenas uma referência ao desenvolvimento econômico propriamente dito, mas refere-se a um quadro mais geral do desenvolvimento do ser social, em sua universalidade concreta, ou seja na perspectiva de um

Leia mais »

Tática e guerra

Por György Lukács [1] [2], traduzido[3] por Caique de Oliveira Sobreira Cruz[4] e Manassés de Jesus Santos Júnior[5]. Na ação política, a posição e o significado da tática diferem muito, em todos os partidos e classes, de acordo com a estrutura e o papel histórico-filosófico particular desses partidos e classes: se definirmos a tática como

Leia mais »

Althusser: manual de instruções

Por Panagiotis Sotiris, traduzido por Reginaldo Gomes A obra de Althusser não sofreu por ter caído no esquecimento ou por ter sido ignorada: ao contrário, ela sofreu por ser um pensamento “bem conhecido”. Ou como disse Hegel, “o que é bem conhecido em geral, justamente por ser bem conhecido, não é conhecido.” Todos pensam ter

Leia mais »

Base e superestrutura: um modelo para a análise e a ação

Por Derek Ford, via Liberation School, traduzido por Marcella Torres Embora o próprio Marx só tenha mencionado a “base” e a “superestrutura” em (pelas minhas contas) duas de suas obras, o “problema” da base-superestrutura continua sendo uma fonte de séria discórdia para os marxistas, nossos simpatizantes e nossos críticos. Apesar de seu papel descomunal nos

Leia mais »

Potência de não, impotência e impossibilidade

Por Bernardo João do Rego Monteiro Moreira e Rafael Tsukamoto Oliveira Os três conceitos que compõem o título deste texto apresentam-se na discussão de Giorgio Agamben sobre o Experimentum Linguae como índices da relação entre diferentes modos e práticas. Pois aqui há uma questão fundamental que atravessa os campos da linguagem e da lógica: a

Leia mais »

A filosofia deve enfrentar o amor e a felicidade

Por Alain Badiou, via Regards, traduzido por Daniel Alves Teixeira. Esta é a tradução de uma entrevista do filósofo francês Alain Badiou realizada em função do lançamento de seu livro “Metaphisique du Bonheur Reel” (editora PUF, 2015), em que realiza uma análise acerca da concepção atual de felicidade. Para ele, a felicidade estaria em nossos

Leia mais »

Dialética e Esperança

Por Ernst Bloch, via Sujeto-Objeto: el pensamiento de Hegel[i], traduzido por Thales Fonseca. “O movimento real pela sua realidade começou, agora enfim, conscientemente, contra a alienação de todos os homens e das coisas, a favor de que o ser-próprio chegue a si. Ao libertar a sociedade de todos os condicionamentos existenciais que levam o próprio

Leia mais »

Como Michel Foucault entendeu tão mal o neoliberalismo

Entrevista de Daniel Zamora para Kévin Boucaud-Victoire, via Jacobin, traduzido por Jorge Batista À emergência do neoliberalismo dos anos 1970, Michel Foucault viu a promessa de uma nova ordem social, mais aberta à autonomia individual e modos de vida experimentais. Não foi assim que as coisas se desenrolaram.

Leia mais »